segunda-feira, 19 de julho de 2010

RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS



COMEÇAREI FAZENDO UMA PERGUNTA: QUEM PRECISA APRENDER PRIMEIRO, OS PAIS OU OS FILHOS? NOS DÃO CURSO PARA TANTAS COISAS, MAS PARA EDUCAR NOSSOS FILHOS NÃO HÁ NENHUMA AJUDA!
ANTES MESMO DE FALARMOS DESSE TEMA, É IMPORTANTE RECONHECERMOS QUE O SUCESSO NA EDUCAÇÃO DE NOSSOS FILHOS ACONTECERÁ SE TIVERMOS UMA COMPREENSÃO CORRETA DA VISÃO QUE DEUS TEM DO RELACIONAMENTO PAIS E FILHOS.PORTANTO É MELHOR COMEÇAR DEPENDENDO DELE MESMO, POIS ESSE ASSUNTO É TÃO PROFUNDO E IMPORTANTE QUE POR NÓS MESMOS FICA IMPOSSÍVEL SER BEM SUCEDIDO. (PEÇA REVELAÇÃO AO SEU ESPÍRITO PARA ENTENDER ESSE ASSUNTO).
A PALAVRA DE DEUS NOS DIZ QUE OS FILHOS SÃO HERANÇA DO SENHOR.
SALMO 127:3 : Eis que os filhos são herança da parte do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.Qual deve ser nossa obrigação para com uma herança? Cuidar bem dela, com certeza. Quanto mais quando se trata de nossos filhos, nossa descendência.
Independente de como está seu relacionamento com seus filhos hoje, entenda uma coisa, um dia Deus pedirá conta dessa herança que ele colocou aos seus cuidados. Deus me inspirou há algum tempo atrás com uma palavra baseada no Salmo 23, já ministrei em alguns lugares e tem edificado muitos pais. Desejo que seja assim com você também. Deus é o nosso maior referencial de Pai, então vamos aprender com esse Bom Pastor.
LEIA O SALMO 23 INTEIRO.1 O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.2 Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.3 Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda.6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.
Vejamos através desse Salmo as provisões que devemos dispensar para nossos filhos.
1 -Provisão material v. 1
O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ.
O Salmista Davi tinha uma certeza de que Deus lhe daria a provisão necessária, ele não precisaria se preocupar porque nada lhe faltaria.
Assim os filhos também esperam dos pais, a provisão material, o alimento, o vestuário, moradia. A provisão financeira é uma obrigação primária do pai, e não da mãe.
A mãe provê preparando os alimentos, dando roupas limpas para vestir e uma casa com um ambiente agradável (limpeza, organização).
Muitos filhos sofrem por que o pai, não é um bom provedor, não se preocupa em administrar bem as finanças da casa, ou não se prepara para o campo de trabalho. Muitos filhos crescem vendo os avós provendo o lar (que feio, hem?!). Não estou falando aqui que provedor é somente o pai que tem muito dinheiro. Rico, médio ou pobre, não importa, os filhos precisam ter uma informação na mente, os meus pais cuidam de mim, e nada me faltará.
A segunda provisão que devemos oferecer aos nossos filhos é:
2- Provisão emocional - vv.2,3.Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.

Deitar em pastos verdejantes – Imagine-se deitado em um pasto bem verdinho, oh, que coisa boa! Nossos filhos precisam ter segurança emocional, será que o nosso lar é um lugar bom de se ficar? Pense, você oferece a eles um ambiente agradável? A Bíblia diz: •EFÉSIOS 4:31 - “Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia”. Infelizmente em muitos lares é isso que ocorre. Assim que os filhos se tornam juvenis (a partir de 10 anos), não querem mais ficar em casa e os pais não entendem porque. Não há paz, eles procurarão essa paz em outros lugares. Infelizmente quem estará esperando os filhos lá fora será o traficante, a sexualidade precoce, os vícios, as más companhias, eles oferecerão de maneira enganosa essa paz.

Guia-me – Os filhos precisam ser guiados, eles não podem ser entregues as suas próprias vontades. Guiá-los às águas tranqüilas nos faz pensar na palavra de Deus. Veja só o que fazemos, nós os ensinamos amar nosso time de futebol desde pequenos, amarem assistir TV, e tantas outras coisas, mas não os ensinamos amar a Deus, veja bem, não estou falando de religião, estou falando de amar o Senhor de todo coração. Eles serão guiados por nós, Davi sabia que o Bom Pastor o guiaria para águas tranqüilas. Para onde você tem guiado seus filhos?

Mansamente – Não posso deixar passar essa palavra, temos a maior paciência com os de fora, aceitamos os erros dos outros, dispensamos tanto tempo para ouvir aos outros, mas quando se trata de nossos filhos, é assim, sai daqui menino, está atrapalhando. A criança chama várias vezes: mãe, mãe, pai, pai! Mas não ouvimos, estamos ocupados com os amigos, a TV, o computador... Definitivamente, não há nada de mansidão nisso, apenas muita irritação, a Bíblia diz em Efésios 6: 4 “ E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos...”
Será que não estamos provocando a ira em nossos filhos quando agimos assim? Eu já tive que pedir perdão aos meus filhos porque estavam magoados comigo por atitudes como essa, pense se você também não age assim.

Refrigério na alma - Isso nos lembra paz, é disso que eles precisam. Imagine quando estamos num dia bem quente, andando embaixo de um sol escaldante, e alguém nos oferece uma água fresquinha, isso é um refrigério, não é? Traz alegria! Pois é, as famílias estão precisando de mais alegria, as crianças de hoje são sérias, tristes, emburradas! Tenho visto as crianças sérias, e até depressivas. Por falta de brincadeiras em casa( com os pais), de música, de dança, gincanas, bola,boneca, pipa dominó, enfim, coisinhas do dia a dia que trazem alegria e refrigério na alma.Há uma pesquisa que comprova que as crianças de 20 anos atrás foram mais felizes.

Guia-me pelo caminho da justiça por amor de seu nome – vivemos em um mundo em que se perdeu totalmente a noção entre o justo o injusto. Se não buscarmos em Deus sabedoria e prudência(leia a minha postagem,Convite da Sabedoria),não teremos o senso real de justiça para encaminhar nossos filhos. Para muitos filhos hoje em dia é “normal”, é justo colocar um pai idoso num asilo, lá cuidarão dele bem... e aí vai uma lista de desculpas, tão contundentes que convencem qualquer um.
Se você se preocupa com o futuro da próxima geração, ou mesmo com o seu futuro, deve zelar por ensinar seus filhos a serem pessoas justas e honestas.

A próxima Provisão que vou falar é a da disciplina, e essa vai dar muito o que falar,então pensando bem, não vou postar tudo hoje, vou deixar você meditar até aqui, e oro para que o Espírito de Deus nos ajude a colocar em prática sua palavra que é tão rica. Aguarde a parte 2, ok?
No amor do Senhor, Pra. Nill.

2 comentários:

As escolhidas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
As escolhidas disse...

A paz Pastora Nil....Estamos passando para parabenizar o Blog ele é muito bom....
E aproveitando de uma passada no nosso blog tbm é amador mais vai melhorar.rsrs
bjos Fique na Paz de Cristo Jesus...
http://celularevolucao.blogspot.com