segunda-feira, 12 de julho de 2010

BRASIL, PAÍS DO FUTEBOL??


O Brasil, conhecido como o país do futebol é noticia em todo o mundo! São Notícias MARAVILHOSAS? Não, HORROROSAS! E uma pior que a outra, que vergonha!
A Seleção Brasileira não ganhar a Copa do Mundo é a notícia mais "fichinha" que ouvimos ultimamente, o que, aliás, para mim, é apenas uma conseqüência da decadência do futebol brasileiro; é pancadaria que às vezes leva pessoas à morte , estádios que caem, ou gente que despenca, e para completar, um escândalo atrás do outro com vários jogadores de futebol.
É Adriano, Vagner Love, Ronaldo, e culmina nas últimas manchetes, do goleiro Bruno, com uma ficha tão extensa de crimes dentro de um só crime(se é que se pode dizer assim), que não vale a pena nem falar, porque eu passei mal quando soube os detalhes sórdidos, qualquer filme de terror perderia para essa história!
A Bíblia nos diz que um abismo chama outro abismo, será que as autoridades futebolísticas não têm vergonha! Tiram o corpo fora, dizendo que não tem nada com o que está acontecendo? Não há acompanhamento psicológico (eficaz) para jogadores de futebol? A grande maioria deles são rapazes pobres que se tornam milionários do dia para a noite.
Como é que eles vão saber lidar com isso? A maioria das pessoas que conheço que entram em ascensão cai no consumismo, ficam rodeados de sanguessuga, bando de interesseiros querendo ganhar uma fatia, e aí vem o medo de perder tudo o que recebeu, de não superar as expectativas,entra os vícios e dependência de drogas, assim vai... Esse é o abismo que entram tantos jogadores, quem vai ajudá-los a sair? Ou quem se interessa em não deixá-los entrar nessa roda-viva, sem saída?
Esse Bruno precisava de tratamento (mais que isso, de Jesus); assim como outros estão dando sinais de queda, e ninguém faz nada, afinal, se parar de sair dinheiro da "maquininha", muita gente vai ficar sem sua fatia!
Eu amo o meu país, sou patriota mesmo, por isso estou indignada; o esporte deveria trazer disciplina ao ser humano, e o que vejo é exatamente o contrário.
Eu fui á Brasília mês passado e vi a troca de turno dos Dragões da Independência, fiquei emocionada com aquela cena, meu coração bateu forte, até pensei, porque fiquei assim? Depois entendi, essa é a minha terra,foi aqui que nasci, esse é o país que eu amo! E como todo amor é acompanhado, de sofrimento também (o amor tudo sofre), eu sofro por meu país, mas não fico curtindo sofrimento não, eu entro em oração, guerreio no mundo espiritual em nome de Jesus, contra todos os principados e potestades (demônios mesmo), que se levantam para envergonhar o meu país; peço perdão ao Senhor pelas autoridades que estão vendo a "casa cair", e não tomam providência.Peço também que o Ele converta o coração dos "reis" dessa terra. E peço que o Senhor nos perdoe de tanto sangue inocente (crianças, jovens, idosos, pais de família, mulheres...) que tem se derramado em meu país, por causa da corrupção, de interesses pessoais, da marginalidade, e assim vai...

Igreja do Senhor, desperta para clamar! Precisamos declarar que o Brasil será reconhecido pelo nome do Senhor que é clamado nesse lugar! Nada contra a bonita arte do futebol, tudo contra a falta de liderança e providência, não é CBF? Enquanto muitos criticam a Igreja Evangélica, somos nós que acolhemos esses Brunos da vida e Elizas, e pelo poder do Sangue de Jesus, somos instrumentos de prevenção para que a história de muitos não tenham um fim igual ao deles. “FELIZ A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR.”

Um comentário:

Ligia Marinho disse...

É triste vermos como que o "amor ao dinheiro" culminou nesta tragédia... também penso que as "amizades" levaram o goleio Bruno a se corromper desta maneira... é como está escrito em Provérbios, que aquele que anda com o insensato se tornará mau...
Abraço!